Bife Wellington: o que é? Como preparar?

bife wellington

O bife Wellington é uma receita clássica da culinária inglesa dita como uma das mais desafiadoras até para os grandes chefs. Isso porque o preparo envolve diversos detalhes, o que inclui o ponto da carne e da massa folhada, que precisa estar crocante e bem douradinha.

A receita do bife Wellington envolve não só o filé mignon e a massa folhada, mas outros ingredientes essenciais para deixar o resultado ainda mais saboroso. Cream cheese, cogumelos e presunto cru são alguns exemplos.

Conheça a história do bife Wellington

Antes de ver a receita, que tal descobrir qual é a origem do bife Wellington? Ele foi criado em 1960 como uma homenagem a Arthur Wellesley (1769-1852), que venceu Napoleão Bonaparte na Batalha de Waterloo, em 1815, junto ao apoio do general Gebhard von Blücher.

Arthur era uma figura extremamente conhecida. Ele era irlandês, mas morreu em terras inglesas, sendo reconhecido como um herói devido à vitória contra as tropas de Napoleão. Ele também recebeu o título de Primeiro Duque de Wellington e, posteriormente, se popularizou como o Duque de Ferro por ser forte.

Como preparar o bife Wellington?

bife wellington

Agora que você já sabe um pouco mais sobre o surgimento da receita e a quem ela homenageia, é hora de aprender como fazer o bife Wellington. Esse prato exige muitos detalhes e ingredientes. Por isso, pegue o papel e a caneta para não deixar nada de lado, ok?

Ingredientes

  • 800 g de filé mignon (ou 1 peça cilíndrica);
  • 600 g de cogumelos;
  • 400 g de presunto parma;
  • 4 dentes de alho;
  • 2 colheres de mostarda dijon;
  • 2 colheres de sopa de manteiga;
  • 2 gemas batidas;
  • 1 folha de massa folhada crua;
  • ½ xícara de azeite;
  • Flocos de flor de sal;
  • Folhas de tomilho;
  • Sal;
  • Pimenta-do-reino;
  • Whisky.

Dicas

O modo de preparo do filé Wellington requer bastante atenção até na escolha dos ingredientes. Ao comprar o filé mignon, priorize o corte na parte central da carne, conhecida como chateaubriand. Ela dará a textura e a maciez do resultado.

A umidade dos ingredientes deve ser retirada antes do preparo, pois isso umedece o bife Wellington, algo que você não quer! Isso também vale para a pasta de cogumelos, que deve estar bem sequinha. Todos esses cuidados deixam a massa seca, o que é necessário para o sabor e a experiência do prato.

Modo de preparo da pasta de cogumelos

A primeira etapa do preparo dos acompanhamentos para o bife Wellington é picar os cogumelos e os dentes de alho. Feito isso, aqueça uma frigideira junto de um fio de azeite e uma colher de sopa de manteiga. Acrescente os cogumelos e o alho, temperando com o sal e a pimenta-do-reino.

Em seguida, é hora de refogar os ingredientes. Faça isso até eles ficarem bem sequinhos. Finalize com um toque de whisky e espere evaporar. Quando isso acontecer, desligue o fogo, separe o resultado em uma vasilha e deixe descansar na geladeira.

Modo de preparo do bife Wellington

O primeiro passo ao preparar o filé Wellington é deixá-lo seco com a ajuda de um papel-toalha. Feito isso, tempere-o com um pouco de sal, pimenta-do-reino e azeite. Aqueça uma frigideira, acrescente um fio de óleo, a segunda colher de sopa de manteiga e espere sair fumaça.

Feito isso, acrescente o filé mignon e deixe dourar os dois lados da carne, incluindo as laterais. Desligue o fogo, coloque a carne em um prato e pincele levemente com a mostarda dijon. Deixe descansar.

Enquanto a carne descansa, separe o presunto parma junto de um papel-filme de um tamanho maior que o filé. Acrescente o presunto parma nas duas laterais, deixando sobrar um pouco tanto nessa região, quanto no comprimento. Retire a pasta de cogumelos da geladeira e passe em cima do presunto.

Agora, é hora de enrolar a carne. Coloque-a no meio do papel-filme e enrole junto do presunto e da pasta de cogumelos. Isso fará com que o bife Wellington ganhe forma. Certifique-se de apertar bem a carne para fixar todos os ingredientes. Feito isso, coloque na geladeira por 40 minutos.

Finalização

Já comentamos o que é bife Wellington e como o preparo funciona. Agora, é hora de você finalizá-lo. Tenha um rolo em mãos para abrir a massa folhada, que deve estar com meio centímetro de espessura. Ela deve ser ajustada ao tamanho da carne, com as pontas cortadas e um pouco de sobra nas laterais.

Posicione o bife Wellington embaixo da massa e pincele levemente as laterais com as gemas de ovo. Em seguida, separe um pouco de papel-filme e enrole a carne na massa. Certifique-se de sempre pressionar os dois lados para firmar corretamente. Retire os excessos e deixe gelar por cerca de uma hora.

Encerrado esse tempo, pré-aqueça o forno a 200ºC. Junto de uma forma untada com azeite, coloque a carne com a emenda virada para baixo. Pincele mais uma vez com as gemas batidas e finalize polvilhando o bife Wellington com a flor de sal e as folhas de tomilho.

Deixe assar por 30 minutos e, ao retirar a carne do forno, deixe descansar por 10 minutos antes de servir. Corte em pequenas fatias e delicie-se com o resultado. Você verá que o modo de preparo mais extenso valerá a pena.

Encontre os ingredientes para o bife Wellington na Delly’s!

A Delly’s é a maior distribuidora Food Service do Brasil. Ela disponibiliza não só os ingredientes necessários para o preparo do bife Wellington, como tudo mais que você precisa para o seu estabelecimento. Confira os departamentos, monte o seu carrinho e faça o pedido. A entrega é feita em até 24 horas em algumas regiões.

Relacionados

Este bolo é a combinação perfeita de sabores que remetem às...
Uma combinação perfeita de sabores que vai conquistar seu paladar e...
Transforme seu cachorro quente em uma experiência gourmet com esta receita.
O nogado de iogurte é uma sobremesa deliciosa e versátil!

Deixe um comentário